Ocorreu um erro neste gadget

segunda-feira, 28 de novembro de 2011

13 coisas que aprendemos com a Saga Twilight

O site da Entertainment Weekly fez uma matéria divertidíssima com as 13 coisas que aprendemos com a Saga Crepúsculo durante o passar dos anos. Séculos de experiência podem ajudar num relacionamento;  devemos ter cuidado com mulheres ambiciosas, e nunca diga nada ao pai Ora vejam:


1- O teu parceiro na vida ideal deve ser muito, muito, mais velho que tu.

As relações são muitas vezes mal vistas de uma forma educada, mas ser amado por alguém com experiência de vida considerável pode levar a um profundo senso de segurança emocional e psicológica. Então, com muita sorte para Bella Swan o seu amado Edward Cullen viveu mais de um século. Pense em todas as histórias interessantes que ele pode contar sobre a gripe espanhola, a Grande Depressão, e o resto do século 20!

2- Se vais partir o coração do teu melhor amigo escolhendo o outro certifique-se de não o deixar tão magoado explicando que tu ainda está apaixonada por ele.

No final de Eclipse, Bella tem de tomar uma decisão final entre os seus dois pretendentes: o vampiro Edward e o lobisomem Jacob. O fato dela escolher Edward já é uma decepção para Jacob, mas Bella explica que ela realmente ama Jacob… ela só ama Edward mais. De acordo com a propriedade transitiva de ”O Amor nos Tempos do Cólera”, isso garante que Jacob será eternamente dedicado a Bella Swan. Que poderia ser estranho…

3- Talvez é melhor não deixar a única filha sair com aquele rapaz que era apaixonado pela mulher.

NOVA MENSAGEM NO FACEBOOK DE RENEESME: Oi Reneesme eu sou o teu tio Jacob (mentira ). Sabias que eu e tua mãe tivemos uma pequena aventura no passado? Quer dizer, és tão parecida com ela, só que és mais jovem, mais impressionante. De qualquer forma conquistaste-me, vamos sair qualquer dia. Diz a sua mãe que eu a amo, também!”

4- A melhor maneira de passar a eternidade é repetir o ensino secundário muitas vezes.

O vampiro Carlisle Cullen, essencialmente, dirigiu os seus filhos para uma escola, ensinando os jovens sanguessugas que a vida humana é significativa. Então Carlisle Cullen envia os seus filhos adoptivos para a escola - um dos quais, deves lembrar-te, era um oficial confederado na Guerra Civil - para repetir perpetuamente o ensino secundário. Essa devoção da escola pública norte-americana é encantadora.

5- Envelhecer é totalmente mau!

A partir do momento que Bella se apaixona por Edward, ela pode sentir o seu relógio biológico a passar. Edward ficará para sempre com 17 anos, mas os genes humanos de Bella continuam-se a deteriorar. Nos seus pesadelos, ela se vê como uma pessoa horrível e velha - alguém com rugas, experiente de vida (não, obrigado, eu não quero rs!) E provavelmente premeditada suficiente para não fazer nenhuma grande decisão na sua vida baseadas em emoções hormonais.

6- Britânicos são assustadores, mas sabes o que é realmente assustador? Italianos com sotaque de britânico.

Suponho que não é inteiramente correto chamar os Volturi de ‘talianos- Aro, o líder, nasceu na Grécia antiga - mas com certeza, após vários séculos residindo em Volterra, eles podem ser considerados cidadãos naturalizados. E eles, aparentemente, passaram séculos sob num sol de Toscana a praticar um sotaque super-hiper britânico, tornando-os ainda mais assustadores.

7- A maneira mais eficaz e mais fácil de matar uma adolescente suburbana é transformando ela e as dezenas de pessoas em soldados vampiros.

Quem precisa de um rifle quando se tem um esquadrão de vampiros incontroláveis, semi-psicóticos, e também uma menina linda como Bree Tanner?


8 -Cuidado com mulheres ambiciosas.

Victoria é, essencialmente, a principal vilã de Twilight até Eclipse. E depois da morte do seu parceiro James, ela está obssecada em matar Bella – a parceira do vampiro que matou o seu grande amor. Victoria é uma expert em manipulação e deixa uma série de poderosos-ainda-submissos a ela. Em Eclipse, ela levanta o seu próprio exército, que é a melhor forma de começar o seu próprio negócio. Em suma, ela é o diabo.


9 -Violência doméstica é aceitável, já que o agressor não quis fazer isso com a sua amada Emily, deixando cicatrizes ao longo do lado direito do seu rosto, uma lembrança cruel de um momento em que Sam perdeu o controlo dos seus poderes de lobisomem.

Obviamente, a coisa correta para Emily seria provavelmente procurar uma vida melhor numa situação menos violenta, pois a violência doméstica é errada. Obviamente, Susan B. Anthony ficou horrorizada. Mas… na verdade, vamos seguir em frente.

10- Estás a sair com alguém perigoso? Bem, o importante é que nunca, nunca, nunca digas nada ao teu pai.

Aqui está a história de Crepúsculo sob a perspectiva de Charlie Swan: A sua triste filha Bella chega na cidade, e começa a passar todo o seu tempo com um rapaz de família misteriosa e rica da cidade. Ela desaparece, e reaparece no hospital alguns dias depois. Depois do namorado da sua filha partir o seu coração, ela passa meses num estado semi-suicida de depressão. Depois, ela desaparece por alguns dias novamente. Ela não tem a intenção de ir para a faculdade. Crepúsculo é o pesadelo de todos os pais. Pais são tão lamentáveis.

11- Sexo pode levar a gravidez quase que imediatamente.

A saga Twilight é, em certo nível, construída sobre uma base cultural coletiva: Nós passamos três anos e quatro filmes de espera para estes dois jovens tenham a sua primeira vez. Em Breaking Dawn Bella engravida na sua lua de mel. Além disso, o bebê é um monstro que a está matar lentamente. Se queres ter certeza de que a tua filha adolescente nunca faça sexo, leve-a ao cinema para assistir Breaking Dawn Breaking Dawn - Parte 1.


12- Tendo problemas com sua gravidez? Então é melhor ter um médico na família.

Para ter um parto difícil que te levará a morte é bom teres em casa uma tecnologia médica, um bom médico, dentes afiados e pro pior: um grande amor ao seu lado.


13- Não há absolutamente nada de estranho com irmãos dele.

Pensa sobre isso. Moras com seus irmãos e irmãs. Conheces todos os seus hábitos. Realmente, por que não namoraria com eles? Afinal, as pessoas que não são exactamente como são.

Fonte: EW
Via: kristenjstewart

Nenhum comentário:

Postar um comentário