Ocorreu um erro neste gadget

terça-feira, 29 de março de 2011

SMS (Sing My Song) Promo by SAVVY

#30 seconds from Mars In BRAZILLLL


Jared Leto canta Zeca Pagodinho no palco: 'gosto da energia do samba'

Logo Terra


São Paulo - Jared Leto, Shannon Leto e Tomo Milicevic mostraram que estão mais do que ambientados com o Brasil. Algumas horas antes do show que fizeram no HSBC Brasil, em São Paulo, na noite do último domingo (27), os integrantes do 30 Seconds to Mars mostraram que têm o samba no pé, ou pelo menos estão dispostos a aprender o ritmo. 

Sem precisar de pedidos, o vocalista e também ator Jared puxou um coro improvisado da música Faixa Amarela, de Zeca Pagodinho, e começou a rebolar e a mexer os pés freneticamente. "Gosto da energia do samba", falou. A dança, porém, não agradou seu irmão Shannon, que o interrompeu e disse: "aprenda como é que se faz", antes de apontar os dedos indicadores para cima e esboçar passinhos de lá para cá. Mas, foi o guitarrista Tomo quem mostrou mais jeito para a coisa. Afirmando estar envergonhado pelo desempenho de seus companheiros no samba, ele testou um truque famoso e rebolou enquanto dava seus passinhos formando um quadrado no chão. "O segredo está na harmonia dos quadris com os pés", afirmou.
Foto: terra
Trio diz que é fã de açaí e samba | Foto: Terra
Vocês estão empolgados para tocar no Brasil?
Jared - Muito empolgados. Estamos há quatro anos sem tocar no Brasil, sentimos saudades. Ficamos surpresos que os ingressos para os shows se esgotaram tão rápido, isso foi muito gratificante. Já viemos sabendo que teríamos que recompensar o público por essa demonstração de carinho. Estamos orgulhosos de nós mesmos por conseguir contagiar as pessoas com o nosso som e ao mesmo tempo agradecidos por tudo o que fazem por nós. Demos uma olhada na fila do lado de fora desta casa de shows e uau! As adolescentes gritando nossos nomes, cantando nossas músicas, chorando por nós. Tudo isso é demais!

O que vocês esperam dos shows em São Paulo e Rio de Janeiro?
Shannon - Nem consigo expressar, nós esperamos muito. Queremos um estado de êxtase tanto para o público quanto para nós e vamos fazer a nossa parte para isso. Os shows no Brasil são sempre muito contagiantes, a energia é algo diferente dos outros países. Ficamos pensando em como essa sintonia é realmente grande porque nem cantamos na mesma língua do País e mesmo assim conseguimos sentir as pessoas na mesma vibração que a gente. O Brasil é uma loucura!

Em 2007 vocês lançaram no Brasil o CD A Beautiful Lie e agora estão apresentando um novo trabalho, This is War. Quais são as diferenças entres esses dois álbuns?
Tomo - São muitas coisas. Todos nós mudamos no sentido profissional. Nós aprendemosmais sobre nossos próprios instrumentos musicais e como trabalhá-los para fazer um som de qualidade. Jared se tornou milhares de vezes melhor cantando e nós ganhamos reconhecimento, com isso tivemos que fazer valer a confiança e o carinho que as pessoas estavam depositando em nós. E além disso, eu ganhei músculos e meu cabelo cresceu.
Jared - Nós temos mais músicas, temos mais trabalho para mostrar aos fãs e muito mais experiência para subir ao palco.

Jared, você também trabalha como ator. Qual é a importância da atuação em cima do palco?
Jared - Quando estou no palco tento usar aqueles aprendizados de cena, tanto sobre dicção quanto sobre comportamento. Eu trabalho para as pessoas, sem o retorno delas, não vale de nada. Grande parte do que está no palco com a banda veio dos diretores incríveis com quem trabalhei. Mas, cantar tem muito mais a ver com ser você mesmo, e não atuar. Ser ator é interpretação, é se basear em um roteiro e trabalhar suas características em cima disso. Cantar é totalmente o oposto, é não ter roteiros, é sentir aemoção e deixar seus sentimentos aflorarem.

Em algumas entrevistas recentes a redes de televisão norte-americanas, vocês disse que pirou. Quando e como isso aconteceu?
Jared - Quando você põe sua vida toda em algo, como eu pus nesse álbum, há um momento em que você não sabe no que se transformou, não sabe se continua sendo você ou se virou o próprio trabalho, às vezes perde-se a noção do que se está fazendo. Eu não sabia mais. Simplesmente isso.

This is War tem um pouco mais de violência no rock em relação aos outros trabalhos. Isto é proposital?
Jared - Sim, foi tudo muito bem pensado. É uma coisa intencional. O álbum nasceu de um conflito que estávamos vivendo. Giramos o mundo em turnê, vendemos 3,5 milhões de CD's e, quando chegamos em casa, ainda devíamos dinheiro. Foi então que entramos em pé de guerra com a gravadora. Mas, acho que a guerra é uma nova maneira de ver as coisas. O fracasso é um ótimo professor.

Vocês já fizeram turnê com bandas como Muse, Phoenix, Metric e Vampire Weekend. Qual a relação de vocês?
Shannon - Nós flertamos. Não, é brincadeira. Com esse lance de estar na estrada, é difícil manter amizade com outros grupos que também estão trabalhando. A rotina é extremamente agitada, mas nós temos uma boa convivência e nos encontramos quando dá.

O que vocês mais gostam no Brasil?
Jared - Açaí, com certeza nós gostamos de açaí. Gostamos das pessoas e das mulheres também, são todas lindas!

#30 segonds from Mars In BRAZILLLL


Jared Leto canta Zeca Pagodinho no palco: 'gosto da energia do samba'

Logo Terra


São Paulo - Jared Leto, Shannon Leto e Tomo Milicevic mostraram que estão mais do que ambientados com o Brasil. Algumas horas antes do show que fizeram no HSBC Brasil, em São Paulo, na noite do último domingo (27), os integrantes do 30 Seconds to Mars mostraram que têm o samba no pé, ou pelo menos estão dispostos a aprender o ritmo. 

Sem precisar de pedidos, o vocalista e também ator Jared puxou um coro improvisado da música Faixa Amarela, de Zeca Pagodinho, e começou a rebolar e a mexer os pés freneticamente. "Gosto da energia do samba", falou. A dança, porém, não agradou seu irmão Shannon, que o interrompeu e disse: "aprenda como é que se faz", antes de apontar os dedos indicadores para cima e esboçar passinhos de lá para cá. Mas, foi o guitarrista Tomo quem mostrou mais jeito para a coisa. Afirmando estar envergonhado pelo desempenho de seus companheiros no samba, ele testou um truque famoso e rebolou enquanto dava seus passinhos formando um quadrado no chão. "O segredo está na harmonia dos quadris com os pés", afirmou.
Foto: terra
Trio diz que é fã de açaí e samba | Foto: Terra
Vocês estão empolgados para tocar no Brasil?
Jared - Muito empolgados. Estamos há quatro anos sem tocar no Brasil, sentimos saudades. Ficamos surpresos que os ingressos para os shows se esgotaram tão rápido, isso foi muito gratificante. Já viemos sabendo que teríamos que recompensar o público por essa demonstração de carinho. Estamos orgulhosos de nós mesmos por conseguir contagiar as pessoas com o nosso som e ao mesmo tempo agradecidos por tudo o que fazem por nós. Demos uma olhada na fila do lado de fora desta casa de shows e uau! As adolescentes gritando nossos nomes, cantando nossas músicas, chorando por nós. Tudo isso é demais!

O que vocês esperam dos shows em São Paulo e Rio de Janeiro?
Shannon - Nem consigo expressar, nós esperamos muito. Queremos um estado de êxtase tanto para o público quanto para nós e vamos fazer a nossa parte para isso. Os shows no Brasil são sempre muito contagiantes, a energia é algo diferente dos outros países. Ficamos pensando em como essa sintonia é realmente grande porque nem cantamos na mesma língua do País e mesmo assim conseguimos sentir as pessoas na mesma vibração que a gente. O Brasil é uma loucura!

Em 2007 vocês lançaram no Brasil o CD A Beautiful Lie e agora estão apresentando um novo trabalho, This is War. Quais são as diferenças entres esses dois álbuns?
Tomo - São muitas coisas. Todos nós mudamos no sentido profissional. Nós aprendemosmais sobre nossos próprios instrumentos musicais e como trabalhá-los para fazer um som de qualidade. Jared se tornou milhares de vezes melhor cantando e nós ganhamos reconhecimento, com isso tivemos que fazer valer a confiança e o carinho que as pessoas estavam depositando em nós. E além disso, eu ganhei músculos e meu cabelo cresceu.
Jared - Nós temos mais músicas, temos mais trabalho para mostrar aos fãs e muito mais experiência para subir ao palco.

Jared, você também trabalha como ator. Qual é a importância da atuação em cima do palco?
Jared - Quando estou no palco tento usar aqueles aprendizados de cena, tanto sobre dicção quanto sobre comportamento. Eu trabalho para as pessoas, sem o retorno delas, não vale de nada. Grande parte do que está no palco com a banda veio dos diretores incríveis com quem trabalhei. Mas, cantar tem muito mais a ver com ser você mesmo, e não atuar. Ser ator é interpretação, é se basear em um roteiro e trabalhar suas características em cima disso. Cantar é totalmente o oposto, é não ter roteiros, é sentir aemoção e deixar seus sentimentos aflorarem.

Em algumas entrevistas recentes a redes de televisão norte-americanas, vocês disse que pirou. Quando e como isso aconteceu?
Jared - Quando você põe sua vida toda em algo, como eu pus nesse álbum, há um momento em que você não sabe no que se transformou, não sabe se continua sendo você ou se virou o próprio trabalho, às vezes perde-se a noção do que se está fazendo. Eu não sabia mais. Simplesmente isso.

This is War tem um pouco mais de violência no rock em relação aos outros trabalhos. Isto é proposital?
Jared - Sim, foi tudo muito bem pensado. É uma coisa intencional. O álbum nasceu de um conflito que estávamos vivendo. Giramos o mundo em turnê, vendemos 3,5 milhões de CD's e, quando chegamos em casa, ainda devíamos dinheiro. Foi então que entramos em pé de guerra com a gravadora. Mas, acho que a guerra é uma nova maneira de ver as coisas. O fracasso é um ótimo professor.

Vocês já fizeram turnê com bandas como Muse, Phoenix, Metric e Vampire Weekend. Qual a relação de vocês?
Shannon - Nós flertamos. Não, é brincadeira. Com esse lance de estar na estrada, é difícil manter amizade com outros grupos que também estão trabalhando. A rotina é extremamente agitada, mas nós temos uma boa convivência e nos encontramos quando dá.

O que vocês mais gostam no Brasil?
Jared - Açaí, com certeza nós gostamos de açaí. Gostamos das pessoas e das mulheres também, são todas lindas!

quinta-feira, 24 de março de 2011

Cartaz japonês de 'A Garota da Capa Vermelha'


A versão moderna de 'Chapeuzinho Vermelho' ganhou um novo cartaz, voltado ao mercado japonês.
Catherine Hardwicke ('Crepúsculo', 'Aos Treze') dirige o suspense 'A Garota da Capa Vermelha' (Red Riding Hood).
Repare na semelhança entre esta arte e as da franquia 'Crepúsculo'.

O filme conta com um elenco de peso liderado por Amanda Seyfried ('Mamma Mia! – O Filme') no papel-título. Também estrelam o filme Gary Oldman ('Batman, o Cavaleiro das Trevas'), Billy Burke (saga 'Crepúsculo'), Shiloh Fernandez (do seriado de TV Jericho), Max Irons ('O Retrato de Dorian Gray'), a indicada ao Oscar® Virginia Madsen ('Sideways – Entre Umas e Outras') e a vencedora do Oscar® Julie Christie('Longe Dela').
Em 'A Garota da Capa Vermelha' , Seyfried interpreta Valerie, uma bela garota ligada a dois homens. Ela é apaixonada pelo melancólico forasteiro Peter (Fernandez), porém seus pais a prometeram em casamento ao abastado Henry Irons). Inconformados com a situação, Valerie e Peter planejam fugir, até que tomam conhecimento de que a irmã mais velha de Valerie foi morta pelo lobisomem que vaga pela escura floresta que rodeia o vilarejo onde moram.
Durante muitos anos, seus habitantes mantiveram uma difícil trégua com a fera, oferecendo-lhe mensalmente um animal em sacrifício. Mas sob uma lua cor de sangue, o lobisomem desrespeita o acordo, tirando uma vida humana. Sedenta de vingança, a população recorre a um famoso caçador de lobisomens, o padre Solomon (Oldman), com a intenção de matar o monstro. Porém, a chegada de Solomon provoca consequências inesperadas, pois ele revela que o lobisomem assume forma humana durante o dia, podendo ser qualquer um deles.
O número de mortes cresce a cada lua, e Valerie começa a desconfiar que o lobisomem pode ser alguém que ela ama. O pânico toma conta de todos e ela descobre que tem uma ligação particular com o monstro — algo que os une inevitavelmente e a transforma ao mesmo tempo em suspeita… e isca.
Catherine Hardwicke dirige 'A Garota da Capa Vermelha' a partir do roteiro deDavid Leslie Johnson ('A Órfã'). O filme é produzido pela produtora de Leonardo DiCaprioAppian Way, por Jennifer Davisson Killoran (A Órfã) e Julie Yorn (do inédito Unstoppable), com Jim Rowe Michael Ireland assinando a produção executiva.

Pascoa é na Cacaushow!

http://showdepascoa.com.br/list/?id=2419 

minha pequena lista de desejos da Cacaushow!! para essa pascoa ! kkk

qual é a sua?

quarta-feira, 23 de março de 2011

Australian School 'Bully' -- I'm Not Sorry!



12-year-old Richard Gale claims he's not sorry for punching Casey Heynes in the face in the YouTube video that made him the world's most hated kid ... because Gale claims Casey bullied him BEFORE the camera was rolling.




Gale appeared on the Australian TV show "Today, Tonight" -- and said, "He abused me first.'

Richard claims Casey had verbally taunted him moments before the video begins ... and he got violent because he was "pretty angry."

After waffling back and forth about feeling sorry for the punch, Richard says he has nothing to apologize for because "[Casey] started on me first."

But Casey tells a different story, claiming, "[Richard] just came up out of nowhere and grabbed me by the shirt, and then he punched me in the face."

Floresta dos Elfos do Norte


Elizabeth Taylor

Elizabeth Taylor died this morning at the age of 79



Elizabeth Taylor Dead

Elizabeth Taylor died at 1:28 AM at Cedars-Sinai Medical Center in Los Angeles ... where she had been hospitalized for the past couple of weeks.  A private funeral will be held later this week.

Taylor's publicist says she was "surrounded by her children -- Michael Wilding, Christopher Wilding, Liza Todd, and Maria Burton."

Taylor's rep says the actress died "peacefully" from congestive heart failure, "a condition with which she had struggled with for many years." The rep adds, "Though she had recently suffered a number of complications, her condition had stabilized and it was hoped that she would be able to return home.  Sadly, this was not to be."



Acordar hoje de Manhã e ver essa noticia! e muito triste.Na minha opinião é  Uma das atrizes mais linda do mundo 
vá em Paz ... 

terça-feira, 22 de março de 2011

Chris Brown quebra janela de camarim de programa de TV


Chris Brown quebra janela de camarim de programa de TV
Cantor ficou furioso quando questionado sobre a agressão contra Rihanna durante o Good Morning America
QUEM ONLINE
SPlash News

Chris Brown quebrou uma janela do camarim e saiu furioso dos estúdios do programa Good Morning America, em Nova York, na manhã desta terça-feira (22), segundo nota do "RadarOnline".

O cantor ficou irritado quando o apresentador Robin Roberts questionou sobre a agressão físíca contra sua ex-namorada, Rihanna, há dois anos. Depois da crise de raiva, Chris Brown foi fotografado caminhando pela ruas de Nova York sem camisa e exibindo as tatuagens pelo corpo.

"Estou muito cansado dessas pessoas que insistem em trazer o passado de volta, mas louvamos celebridades como Charlie Sheen", criticou o cantor no Twitter. "Todos os meus fãs! Este álbum é para vocês e só vocês! Eu estou tão cansado de todo mundo! Honestamente! Obrigado a todos que apoiam a minha música! Palavra chave (Música)!", disse.

Condicional

Após agredir fisicamente a cantora Rihanna em 2009, Chris Brown foi condenado a cinco anos em liberdade condicional e obrigado a fazer 180 dias de trabalhos comunitários como parte do acordo judicial feito em junho do mesmo ano. Fora a condenação e os trabalhos comunitários, o cantor deverá manter distância de Rihanna por no mínimo cinco anos.

Após surtar na manhã desta terça-feira (22), Chris Brown não deverá enfrentar a justiça americana por quebra de condicional. "A polícia não foi chamada. Ao menos que o ABC decida chamá-los, nenhuma ação será tomada contra Brown, que ainda está em liberdade condicional", disse uma fonte próxima do cantor  para o "Radar Online". "Ninguém viu Chris quebrar a janela. Seria um cenário diferente se os policiais fossem chamados. Se isso ocorrer, o advogado de Brown terá que notificar o juiz responsável pelo saco, e a promotoria.

Thw moods of Emma Watson X Kristen Stewart

segunda-feira, 21 de março de 2011

neu video do filme Piratas do Caribe

Estudante australiano sensação na internet diz que pensou em suicídio




Extra Online

O estudante australiano, de 15 anos, que virou sensação na internet falou pela primeira vez sobre as imagens em que aparece revidando agressões de um colega de escola. Em entrevista a uma emissora de TV da Austrália, Casey Heynes conta ser vítima de bullying há três anos.
- Eles sempre me chamavam de gordo e diziam para perder peso. Davam tapas na minha nuca e faziam eu tropeçar e cair - diz Casey.
Quando perguntado sobre o pior momento em todos esses anos, o garoto revelou já ter pensado em suicídio.
No vídeo, um colega de escola, incentivado por outros jovens, agride Casey com socos. Após o quinto golpe, o garoto resolve, enfim, reagir.
- Eu ficava olhando pra ele e toda a raiva de três anos estava acumulada. Aí, pensei: isso tem que terminar. Eu estava com medo, queria acabar com aquilo logo.
As imagens do revide de Casey viraram hit na internet e ganharam versões com animações. Numa delas, o golpe do australiano é comparado a uma briga do game Street fighter. Em outra, o garoto vira o personagem Hulk. Também foram criadas quatro páginas em homenagem a Casey no Facebook, com mais de 200 mil fãs..

Nota: sofri muito isso na escola e na cidade!
o mundo não aceita quem é diferente!
Tem que se magro. e bonito, e gostar só das coisas que todos gostam...
sofri muito tambem... chorava muito por isso... Ser excluída por  todo seus colegas da escola é horrive.
Lembre o Bullying não esta restrito só em escolas.. esta no seu trabalho tambem.. Na sua familia...
no seu Bairro... na sua cidade....
Em qualquer lugar as pessoas sofrem de Bullying! 

domingo, 20 de março de 2011

assistindo ao filme: Sob o sol de Toscana! lindoo

esse filme e romance/comedia!
percebi que o italiano e bastante comum para nós brasileiros .... Tambem as melhores novelas foram feitas na Italia.
Buon film...
Buongiorno...
buon appetito...



rsrs ah tem um gato nesse filme ele é o :


4. Pawel Szajda

 Pawel Szajda

Pontos positivos: 
- Polonês (adoro alemães e poloneses)
- Fala com sotaque
- Adora desenhar

Ponto negativo:
- Mora longe (NY)

L’il Red Riding Hood” for Amanda Seyfried


Quem diria que as atrizes de Hollywood revelariam serem também ótimas cantoras! Logo mais Amanda Seyfried deverá acompanharScarlett Johansson nos festivais de música. Mas peraí, ela também toca violão! A atriz deu uma palhinha ao lado de Matt Sorum – do Velvet Revolver – e gravou o clássico “L’il Red Riding Hood”, que apesar do que você possa imaginar, não tem nada a ver com o novo longa que ela está gravando, o “Red Riding Hood”.

Batons Dior! Baby

Olha só que achei a nova campanha  batons Dior Addict, fronteada por Kate Moss. Hoje a gente mostra uma prévia da campanha impressa.
dior
Já havia dito que essa nova empreitada da Dior viria para competir com o Rouge Coco, da Chanel, mas a maison não ficou parahuda e também vai lançar uma linha de batons de alto brilho, a Rouge Coco Shine. Vanessa Paradis segue como garota propaganda. A cor Boy, uma das 18 dessa nova coleção, foi usada no desfile de Outono/Inverno 2011 da Chanel.
rougecocoshine

Joe Jonas e Ashley Greene Romperam seu Namoro!

Não sou do tipow que vibra quando um casal termina, mais gente devo converssar que estou feliz com o chute na Bun#$#% que o Joe Jonas levou da Ashley Greene (ela e concerteza uma P#$%¨# só fica com o gatos mais famoso do pedaço pra se promover ... )

Segundo amigos do EX-casal dizem  "ninguém
 está magoado, porque o relacionamento não era tão sério"

Sei! quer dizer que ele #joe Termina com a DEmi Lovato. ela a Ashley caça celebridades as turnes do Jonas Brothers e hoje fala que nao era sério!
Essas celebridades precisam cair na real ... sabe... não sabem mais o que é serio ou brincadeira. Aff!

VAle lembrar que os 2 Joe e Ashley estão numa competição para ver quem coleciona mais nomes de EX-Namorados(as)...
Ai como a Stephenie Meyer deve esta se sentindo. essa atriz interpreta a ALICE.. um dos meus personagens preferidos




Fish

Fish: "Add a touch of nature to your page with these hungry little fish. Watch them as they follow your mouse hoping you will feed them by clicking the surface of the water."

terça-feira, 15 de março de 2011

Star Wars R2-D2 Xbox 360 com projector


Todo bom nerd gosta de Star Wars, e Mark Bongo, criador desse mod, soube como chamar a atenção até de quem não é nerd ou fanático pela série.
A criação mais recente de Mark é um mod bastante atraente do famoso andróide R2-D2 do filme Star Wars. Ele colocou dentro do personagem um Xbox 360, e um projetor embutido. Mark diz que gastou apenas duas semanas para construir esse mod para jogar seu videogame, e ele também afirma que está bastante orgulhoso de seu trabalho.
R2-D2  (Foto: Divulgação)R2-D2 (Foto: Divulgação)
O mod tem tudo que um fã de Star Wars poderia querer, LEDs azuis, um projetor que é capaz de mostrar imagens de 15 até 50 polegadas, um alto-falante interno na cúpula do R2-D2, botões touch sensitive para controlar o projetor, porta HDMI, saída de áudio óptica, e claro, umXbox 360. Mas não é só isso, Mark também coloriu os controles analógicos do Xbox 360 com azul e branco para combinar com as cores do R2-D2, veja na imagem como ficou.

De acordo com Mark, você pode embutir qualquer videogame no R2-D2Wii,Playstation ou qualquer dispositivo que tenha entrada para um projetor. Isso quer dizer que você pode simplesmente usar o projetor em um DVD Player ou qualquer outro aparelho, e não necessariamente apenas em um Xbox 360 ou videogames.
Já imaginou assistir toda a série de Star Wars sendo transmitida diretamente de um R2-D2? Infelizmente o mod não está a venda, mas você pode conferir o vídeo abaixo para vê-lo mod